Iconostase


A iconostase é uma divisão que existe entre o santuário e a nave de uma igreja melquita. Veja-se abaixo a iconostase de nossa igreja.

Iconostase

O santuário é aquela parte da igreja onde se situa o altar e existe em toda igreja católica. Nele só devem entrar presbíteros e seus auxiliares.

Já a iconostase é típica do rito melquita. Para ser exato é típica da Igreja bizantina, da qual faz parte a Igreja Católica Greco-Melquita. É o lugar dos ícones. Trata-se de uma divisão de madeira, na qual há três portas. A porta do centro se chama porta santa e leva ao altar. Na foto acima vemos as colunas duplas ao centro (não confundir com as colunas do altar, que são simples) marcando as laterais da Porta Santa. As duas outras portas, mais baixas e fechadas, podem-se distinguir por dois ícones pintados em cada uma delas, encimadas cada uma por uma cruz.

Ao lado direito da porta santa há um ícone do Cristo Pantocrator, ou seja, o Cristo Todo-Poderoso. Do lado esquerdo há um ícone da Mãe de Deus. São os dois lugares de honra, sendo o do Cristo o mais importante. Ao começar a Divina Liturgia (missa) o sacerdote faz uma reverência e ora perante esses ícones, na ordem, o Cristo primeiro e a Mãe de Deus depois. No encerramento ele faz o mesmo. O significado disso é que eles são os donos da casa, e em tudo devem ser louvados e deles deve ser pedida a permissão.

Na iconostase estão afixados outros ícones de anjos e santos, inclusive da Santa Ceia. Dentro do santuário ocupam posição proeminente ícones de santos venerados na tradição oriental. Na nossa igreja destacam-se os grandes ícones de São Cirilo, São Gregório, São Baílio, Santo Atanásio, São Nicolau e São João Crisóstomo (autor da Divina Liturgia seguida até hoje nas igrejas melquitas) na parede ladeando a cúpula do altar. Também há muitos outros ícones menores, de anjos e santos.

A finalidade de tudo isso é que o santuário é como o paraíso, ele nos dá uma idéia de como é o futuro no paraíso, onde ficaremos cercados pelos anjos e santos, e sob a presidência de Cristo e de sua Mãe, como se vê abaixo no detalhe.
 

Alto da Página

Volta à Página Principal